cabelo_02_900x600

O cabelo tem dias

O cabelo tem dias

aqui vos falei dos humores do nosso cabelo.

Já vos disse, que, por vezes não nos falta inspiração e a roupa fica-nos tão bem quanto nos outros dias.

Ora, nesses dias, o grande problema é o nosso cabelo. Sim, sim. Não vale a pena saltar para cima da balança. Pois, não estamos mais magras, ou mais gordas. O busílis da questão está no cabelo. Ora vejamos:

Às vezes, sentimo-nos mais feias, ou menos bonitas. E parece que nada nos fica bem. Então, numa tentativa de bem parecer vamos imediatamente trocar de roupa, mas sem resultado.

Ora, quando isso vos acontecer, quando vestirem uma peça de roupa, que habitualmente adoram, ou da qual simplesmente gostam e acham que vos fica mal, ou era uma daqueles must have que subitamente já não se usa, ou então, o culpado é mesmo o vosso rico cabelinho.

Pois é, o cabelo tem oscilações de humor. (Não são só os homens!) O cabelo também “tem dias”.

Nunca repararam que quando vão comprar roupa e a experimentam no vestiário, os gestos obrigatórios em frente ao espelho são, por esta ordem, virar-se de lado, virar-se de costas, virar-se de frente e passar a mão pelo cabelo?

Se nunca repararam, confiram, por favor, da próxima vez que comprarem roupa e depois falamos.

Aliás, isto geralmente acontece quando compramos algo que temos que experimentar. Provavelmente nunca pensaram nisso, mas da próxima vez que comprarem sapatos, ou óculos estejam atentas. Não se sabe muito bem porquê, mas não há mulher que experimente uns óculos novos e não passe a mão pelo cabelo, quando está a olhar para o espelho para ver se lhe ficam bem.

Não se sabe muito bem porquê, mas eu tenho uma teoria, claro! – Na minha opinião, isso acontece porque sabemos que o cabelo tem muitas “posições” e queremos ver-nos com os óculos, ou sapatos, ou vestidos em todas essas posições, para nos certificarmos de que essa peça nos vai ficar sempre bem e tentar evitar dissabores mais tarde. Mas, caros leitores, ainda assim, vai haver um dia em que escolhemos um vestido para usar e não vamos gostar dele, simplesmente porque o nosso cabelo está de mau humor.

Entretanto, e para evitar grandes atrasos matinais, fica a dica:

Nesses dias de mau humor do cabelo, para as que têm cabelo liso ou quase liso, proponho que peguem no modelador de cabelo, ou na escova e no secador (também resulta) e façam umas ondulações leves, nas pontas, para lhe dar “um ar”, ou ficar com “jeitos”. (Não sei porque lhes chamam jeitos! Mas chamam. O meu cabelo não é liso nem encaracolado. É ondulado, mas o termo “técnico” é um cabelo com “jeitos”, também há que diga “jeitinhos”!) Para as que têm caracóis sugiro que tentem domá-los com elásticos, ou molas, ou ganchos, conforme a preferência. Vão notar a diferença!

É claro que a melhor sugestão seria: lavem-no. Mas geralmente isto acontece quando o banhinho já está tomado e o rostinho já está maquilhado. Portanto, lavar já não é opção. E temos que ser práticas.

Antes de terminar queria apenas dizer uma palavrinha em abono do cabelo:

– Por vezes, o que o cabelo nos quer dizer com as suas oscilações de humor é que está na hora de visitar o cabeleireiro. E mais não digo!

Até à próxima. Até lá, bons penteados!

Classificar

Etiquetas:



'O cabelo tem dias' tem 1 comentário

  1. 17 Setembro, 2015 @ 13:58 Lavar o cabelo - Vaidade sem Preconceito

    […] isso, ok? É que depois nem vale a pena culparmos o cabelo, como naquele post em que vos disse que o cabelo tem dias. Que os tem, tem. Mas por vezes tem razões para […]

    Responder


Quer deixar o seu comentário?

O seu email não será publicado.


Para mais informação contacte para o email cristina@vaidadesempreconceito.com